Oferecimento:

O WhatsApp planeja levar o seu sistema de pagamentos móveis para mais países do mundo em 2019. Os planos foram anunciados pelo CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, em uma longa publicação nesta quinta-feira, 31. Disponível apenas na Índia no momento, o recurso permite que usuário envie ou receba dinheiro de um contato.

“Mensagens são a área que estão crescendo mais rapidamente, e esse ano pessoas vão sentir estes aplicativos se tornando o centro de sua experiência social em mais formas. Nós vamos liberar os pagamentos no WhatsApp em alguns outros países”, escreveu Mark Zuckerberg. O executivo, porém, não dá datas para a liberação e nem as regiões que receberão o recurso.

Na Índia, o WhatsApp utilizar uma tecnologia local batizada de Unified Payment Interface (UPI), ou “Interface Unificada de Pagamentos” em tradução livre. Basta o usuário conectar o aplicativo de mensagens à sua conta bancária para conseguir enviar ou receber pagamentos de seus contatos. O WhatsApp em si serve apenas como um meio de transferência, sem armazenar nenhum dinheiro do usuário.

Enquanto o recurso não chega ao país, diversos bancos já permitem que o usuário transfira dinheiro para seus contatos no WhatsApp. No entanto, ao invés de usar a plataforma de mensagens, as instituições adotam teclados próprios que operam dentro do sistema da instituição financeira. O serviço de conversas serve apenas para o envio de comprovantes, de fato.

Além da expansão dos pagamentos, Mark Zuckerberg disse ainda que compartilhamento privados em grupos e as histórias devem se tornar ainda mais centrais no WhatsApp. O executivo afirmou ainda que o plano é trazer ainda mais empresas para a plataforma de mensagens. Em janeiro, o WhatsApp Business, dedicado a companhia, completou o seu primeiro ano desde o lançamento.

Fonte: Olhar Digital

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
WhatsApp pode levar sistema de pagamentos a mais países em 2019; veja detalhes

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *