Pular para a barra de ferramentas

Oferecimento:

O Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, afirmou em entrevista à CNN que na metade de maio estará disponível à população um remédio contra a Covid-19. O medicamento em questão obteve 94% de sucesso em testes laboratoriais.

Para isso, é necessário que o remédio tenha êxito na fase final de testes, quando vai ser aplicado a 500 pacientes. O medicamento não teve seu nome revelado para não iniciar uma corrida às farmácias, como ocorreu com a cloroquina.

Sete hospitais participam do protocolo de pesquisa. O medicamento vai ser administrado durante cinco dias aos pacientes, que vão ficar em observação durante duas semanas antes de passarem por exames que comprovem a eficácia da droga. “O remédio tem que ser dado no momento exato, tem uma série de exames que eles vão fazer por dia nesses pacientes”, contou o ministro.

Eficácia do remédio contra a Covid-19

Se o teste for concluído com sucesso, cabe à Anvisa permitir que ele seja prescrito para os pacientes com o novo coronavírus. “Então, aí os médicos podem receitar aquele remédio. Então a gente imagina que posteriormente essas quatro semanas, lá pelo meio de maio, que esteja terminado, o que vai ser muito bom”, concluiu.

Além desse medicamento, o governo brasileiro está financiando testes com a hidroxicloroquina. Pesquisadores do país também estão desenvolvendo testes rápidos, capazes de detectar o vírus em apenas um minuto, utilizando Inteligência Artificial.

Via: CNN

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Remédio contra a Covid-19 pode estar pronto em maio, diz Marcos Pontes

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *