Oferecimento:

No dia 08 de agosto de 1953, nascia no Sítio Sussuarana, município de São João, Luiz Gonzaga de Lima. Não, não é aquele Luiz, mas não é menos genial que este, pois, se nosso Luiz não é o Rei do Baião, se tornou o Rei do Reisado de Garanhuns e Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Carregando a marca da cidade no próprio nome, Gonzaga de Garanhuns completa 76 anos nesta quinta-feira, 08/08, 60 destes dedicados à cultura popular de Pernambuco, através do reisado.  “Meu pai teve uma infância pobre. Aos 15 anos começou a trabalhar com os padres redentoristas. No tempo eles já estavam construindo a Igreja de Perpétuo Socorro. Depois conheceu minha mãe e casou, mas ainda continuou trabalhando com os padres”, revelou o filho João Paulo.

Pai de seis filhos, um já falecido, que lhe deram 10 netos e três bisnetas, Gonzaga começou cedo a apreciar reisados acompanhando as apresentações do folguedo na zona rural cidade. Teve como grande incentivador, Manoel Clarindo da Rocha, a quem chama de primeiro mestre. Mas não é só no reisado que reside a genialidade e o talento de Seu Gonzaga. Ele também concilia seu tempo com a produção de literatura de cordel. Em 1973, escreveu o seu primeiro trabalho, “Lampião e Serrinha”. E atualmente possui mais de 350 títulos autorais, alguns expostos em outros países, como Estados Unidos, França e Japão.

 
Gonzaga ao lado da esposa Zefinha e dos filhos João Paulo, Cleide, Cláudia, Clodoaldo e Luiz Filho

Em  julho de 2018, foi agraciado pela Fundarpe com o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco. Para ele, a honraria foi o reconhecimento de dezenas de anos dedicados ao reisado. “Eu tinha ido trabalhar, depois fui encontrar uns amigos para conversar, quando meu telefone então tocou, e aí era a Fundarpe me comunicando oficialmente. De início eu não acreditei, cheguei a chorar de emoção. Depois também cantei de tanta alegria. Estou com uma felicidade imensa mesmo, foi o maior presente que eu poderia ter”, contou Gonzaga em uma entrevista publicada em 2018 no site oficial da Prefeitura de Garanhuns.

“Hoje é um dia maravilhoso. Dia do meu pai. Amigo, irmão e conselheiro. Obrigado Deus por ter essa joia tão preciosa em minha vida; um homem de bem, exemplo de vida, de humildade, um excelente pai, o melhor. Parabéns papai. Eu te amo. Que o Senhor Jesus Cristo, Maria Santíssima, o Divino Pai Eterno e o Espírito Santo te abençoem, te iluminem e te guiem e nos dê o presente de ter sua presença entre nós por mais vários anos”, escreveu o filho João Paulo.

VIDA LONGA AO REI.

Fonte: V&C Garanhuns

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Patrimônio Vivo de Pernambuco, Gonzaga de Garanhuns completa 76 anos, 60 destes dedicados ao reisado

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas