Oferecimento:

Pela primeira vez, site de curiosidades discrimina como funcionam as pontuações de QI .Quando se fala de QI, abreviação de quociente de inteligência, são diversos números que deixam o leitor confuso. Afinal, quem tem o maior QI? Por que os números divergem tanto? Pela primeira vez, segundo a psicóloga Leninha Wagner, um site determinou corretamente como funciona a contagem dos pontos. “As pessoas comparam, é normal, faz parte do instinto humano se colocar no lugar e logo comparar, o parâmetro de entendimento está na base, precisa de uma referência para determinar um todo. Li hoje no Mega Curioso sobre as pessoas mais inteligentes do mundo e me surpreendi, foi a primeira vez que li algo expondo de forma correta a numeração do QI e sobre o QI de grandes nomes do passado.”

Segundo a neuropsicóloga e especialista em testes de inteligência, as pontuações não podem ser referência pois depende do tipo de teste que a pessoa faz, “são muitos testes de inteligência e para comparar, seria necessário que todas as pessoas fizessem os mesmos testes. Para termos um comparativo padronizado e portanto justo.” disse a Neuropsicóloga.

Sobre a pontuação, Leninha diz que o percentil é o melhor método de comparação pois ele revela o percentual de acertos da pessoa em uma prova, “O percentil máximo é 99, esses grandes nomes da história, que fizeram grandes descobertas, devem ser 99 de percentil, eles não fizeram testes na época então avaliamos com base em seus feitos e comportamentos. Há um padrão comportamental em pessoas superdotadas. E tornam-se “gênios” justamente pelo legado que nos deixam em uma das áreas do conhecimento”.

Leninha diz que também há métodos de contagem que são diferentes no Brasil, Estados Unidos e Europa.”No Brasil costuma-se calcular com desvio padrão 15 e na Europa 24, portanto, os pontos em números lá, acabam por ser maiores, por isso números tão altos na Inglaterra. O teste mais utilizado é o WAIS, inclusive, ele mede o padrão em cada país.” finaliza a neuropsicóloga.

O mais utilizado no mundo é o teste WAIS, nele são feitos a maioria dos estudos em relação a média do QI mundial em cada país. No Brasil, por exemplo, o QI médio é de 87, em Portugal 95, Argentina 96, Itália 102, Alemanha 102, Espanha 99, França 98, Estados Unidos 98, China 100, Reino Unido 100, Angola 68, Moçambique 64, Japão 105 e os campeões são Hong Kong e Coréia do Sul 106.

Para se determinar quem são os mais inteligentes do mundo, o critério aqui adotado neste artigo será aqueles que possuem o percentil de 99, que é o maior registro que se pode atingir neste critério, independente de outros testes. Basta ver exemplos históricos como Leonardo da Vinci e Einstein, por exemplo, que tiveram suas inteligências avaliadas por suas personalidades, afinal, na época deles não havia uma avaliação tão elaborada como existe neste século XXI.

10 nomes famosos cujo QI foi determinado pela personalidade e conquistas.

1 – Albert Einstein (1879-1955) – Físico (Alemão/Judeu)

Avaliado em aproximadamente 160 ou 99 de percentil.

2 – Aristóteles (384-322 aC) – Filósofo (Grécia)

Avaliado em aproximadamente 180 ou 99 de percentil.

3 – Cleópatra (68-30 aC) – Último faraó do Egito (Egito/Grécia)

Avaliado em aproximadamente 210 ou 99 de percentil.

4 – Galileu Galilei (1564-1642) – Astrônomo (Itália)

Avaliado em aproximadamente 210 ou 99 de percentil.

5 – Isaac Newton (1642-1726) – Físico, matemático, astrônomo, teólogo e escritor (Inglaterra)

Avaliado em aproximadamente 193 ou 99 de percentil.

6 – Leonardo da Vinci (1452-1519) – Cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico (Itália)

Avaliado em aproximadamente 200 ou 99 de percentil.

7 – Marie Curie (1867-1934) – Física e química (Polônia)

Avaliado em aproximadamente 180 ou 99 de percentil.

8 – Nikola Tesla (1856-1943) – inventor, engenheiro eletrotécnico, engenheiro mecânico e futurista (Sérvio)

Avaliado em aproximadamente 195 ou 99 de percentil.

9 – Platão (427-347 aC) – Filósofo e matemático (Grécia)

Avaliado em aproximadamente 180 ou 99 de percentil.

10 – William Shakespeare (1564-1616) – Poeta, dramaturgo e ator (Inglaterra)

Avaliado em aproximadamente 210 ou 99 de percentil.

15 nomes cujo QI foram testados e comprovados por distintos testes de inteligência com diferentes pontuações.

1 – Bill Gates (1955-) –  Empresário, inventor e magnata (Estados Unidos) – 160 pontos de QI (99 de percentil)

Fundou junto com Paul Allen a Microsoft, a maior e mais conhecida empresa de software do mundo em termos de valor de mercado.

2 – Christopher Hirata (1982-) – Cosmólogo e astrofísico (Estados Unidos) – 225 pontos de QI (99 de percentil).

Aos 13 anos ganhou a medalha de ouro em 1996 na Olimpíada Internacional de Física.  Ele estudou física na Caltech dos 14 aos 18 anos, graduando-se como bacharel em 2001. Ele fez pesquisas aos 16 anos para o JPL sobre a colonização de Marte e recebeu seu PhD sob a supervisão de Uroš Seljak em 2005 da Universidade de Princeton em Astrofísica (tese: “Teoria de Lente Gravitacional Fraca e Análise de Dados”). De 2005 a 2007, ele foi professor visitante no Institute for Advanced Study. De 2006 a 2012, foi professor assistente e, em seguida, professor titular na Caltech antes de se mudar para a Ohio State University. Atualmente é professor do Centro de Cosmologia e Física das AstroPartículas da OSU (CCAPP).

3 – Fabiano de Abreu (1981-) – Jornalista, neurocientista, neuropsicólogo, psicanalista, nutricionista clínico, cientista, filósofo, antropólogo, inteligência artificial (Brasil e Portugal) – 148 pontos e 180 pontos de QI (99 de percentil)

Nascido no Brasil e filho de imigrantes europeus, detém o recorde internacional na criação de personagens como jornalista, tem 5 descobertas na ciência e é um dos maiores especialistas em estudos sobre inteligência. Apresentou 148 pontos em testes com desvio padrão 15 e 180 pontos com desvio padrão 24 (base de cálculo). Membro da Mensa, associação de pessoas mais inteligentes do mundo.

4 – Frank Lampard (1978-) – Técnico e ex-jogador de futebol (Inglaterra) – 160 pontos de QI (99 de percentil)

Considerado um dos maiores futebolistas de todos os tempos, Lampard foi também um dos maiores ídolos da história do clube inglês Chelsea.

5 – Garry Kasparov (1963-) – Escritor e político (Rússia) – 190 pontos de QI (99 de percentil).

O mais jovem campeão mundial de xadrez é considerado o melhor jogador de todos os tempos. Já foi candidato a presidente da Rússia.

6 – Marilyn von Savant (1946-) – Escritora (Estados Unidos) – 228 pontos de QI (99 de percentil)

Marilyn já foi citada no Livro Guinness dos Recordes como a mulher mais inteligente do mundo. (Lembrando que o Guinness não tem acesso a todos os testes de QI, sendo necessário entrar em contato com a revista para avaliação)

7 – Stephen Hawking (1942-2018) – Físico, astrônomo e matemático (Inglaterra) – 160 pontos de QI (99 de percentil)

Reconhecido internacionalmente por sua contribuição à ciência, sendo um dos mais renomados cientistas do século.

Seus trabalhos científicos incluem um teorema sobre a singularidade gravitacional no âmbito da relatividade geral (em colaboração com Roger Penrose) e a previsão teórica de que os buracos negros emitem radiação, frequentemente chamada de Radiação Hawking. Hawking foi o primeiro cientista a estabelecer uma teoria da cosmologia explicada pela união da teoria geral da relatividade e da mecânica quântica. Ele foi um defensor fervoroso da interpretação de muitos mundos na mecânica quântica.

8 – Steve Jobs (1955-2011) –  Empresário, inventor e magnata (Estados Unidos) – 160 pontos de QI (99 de percentil)

Co-fundador, presidente e diretor executivo da Apple Inc. e revolucionou seis indústrias: computadores pessoais, filmes de animação, música, telefones, tablets e publicações digitais.

9 – Terence Tao (1975 -) – Matemático (Austrália e China) – 230 pontos de QI (99 de percentil)

Professor de matemática na Universidade da Califórnia em Los Angeles. Aos nove anos, ele já tinha aulas de matemática de nível superior, e, aos 20, recebeu o título de Doutor da Universidade de Princeton.

10- Kim Ung-Yong (1962 -) – Engenheiro (Coréia do Sul) – 210 pontos de QI (99 de percentil)

Kim foi um estudante convidado de física na Universidade Hanyang dos 4 aos 5 anos de idade, sendo aos 8, convidado pela NASA para terminar seus estudos nos Estados Unidos. Fez doutorado em física pela Universidade Estadual do Colorado, antes de completar 16 anos de idade. De volta a Coreia do Sul, hoje reside atualmente, é autor de diversos artigos.

11- Paul Allen (1953 – 2018) – Empresário, inventor e filantropo. – 160 pontos de QI (99 de percentil)

Fundou em parceria com Bill Gates a Microsoft. Também foi fundador e presidente da Vulcan Inc.

12 – Philip Emeagwali (1954 -) – Cientista da computação (Nigéria) – 190 pontos de QI (99 de percentil)

Ganhou o Prêmio Gordon Bell de 1989 por preço-desempenho em aplicativos de computação de alto desempenho, em um cálculo de modelagem de reservatório de petróleo usando uma nova formulação e implementação matemática.

13 – Rick Rosner (1941 -) – Produtor de TV e inventor (Estados Unidos) – 192 pontos de QI (99 de percentil)

Produtor de televisão americano conhecido por criar o programa de televisão CHiPs. Desenvolveu uma televisão portátil por satélite em parceria com a DirecTV.

14 – Judit Polgár (1976 -) – Jogadora de Xadrez (Hungria) – 160 pontos de QI (99 de percentil)

Considera a jogadora de xadrez mais forte de todos os tempos. Foi a primeira mulher a vencer o então campeão mundial, Garry Kasparov.

15 – James Woods (1947 – ) Ator (Estados Unidos) – 180 pontos de QI (99 de percentil)

Ator, a crítica especializada o considera um dos mais atuantes e brilhantes atores do cinema americano.

Como é feita a medição da inteligência no teste de QI

Para que seja medida a inteligência a partir do teste de QI, utiliza-se a fórmula:

QI = 100 X IDADE MENTAL (IM)/ IDADE CRONOLÓGICA (IC)

A tabela com a escala de classificação é:

  • Gênio: acima de 144 pontos;
  • Superdotado: de 130 a 144 pontos;
  • Acima da média: de 115 a 129 pontos;
  • Média alta: de 100 a 114 pontos;
  • Média baixa: de 85 a 99 pontos;
  • Abaixo da média: de 70 a 84 pontos;
  • Baixo: de 55 a 69 pontos;
  • Muito baixo: menos de 55 pontos.

*Dados do jornalista Rafael Farinaccio

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Não se compara inteligência com pontos de QI. Conheça as pessoas mais inteligentes do mundo

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *