Oferecimento:

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPE) divulgou nesta sexta-feira (2) os editais do processo de ingresso 2021.2. Mais uma vez, em virtude da pandemia, o tradicional vestibular não ocorrerá. Todas as etapas do processo para as 2.893 vagas distribuídas nos 16 campi da instituição serão realizadas pela internet. Assim como no último processo, também está mantida a gratuidade da inscrição para possibilitar o acesso a toda a sociedade, nesse momento de crise.

As inscrições começam na segunda-feira (5) e podem ser feitas até o dia 18 de julho pelo site cvest.ifpe.edu.br. Do total de vagas oferecidas, 377 são para cursos superiores; 2.129 para cursos técnicos na modalidade Subsequente – para quem já possui Ensino Médio; 352 para cursos técnicos na modalidade Integrado ao Ensino Médio e outras 35 vagas na modalidade Proeja. Serão reservadas 60% de todas as vagas oferecidas para estudantes oriundos da rede pública de ensino. Haverá ainda cotas para pessoas com deficiência, pretas, pardas e indígenas, além de reserva de vagas nos cursos com vocação agrícola para estudantes oriundos do campo.

No momento da inscrição, os candidatos aos cursos superiores poderão escolher entre a opção da nota geral do Enem ou a do desempenho escolar, esta última, com base no histórico escolar do Ensino Médio ou documento equivalente. No caso da nota geral do Enem, serão aceitas as notas das edições de 2016 a 2020. Quem optar pelo histórico escolar deverá usar as notas referentes ao 1º e 2º ano.

Já os que concorrerão às vagas dos cursos técnicos nas modalidades Integrado e Subsequente deverão apresentar histórico escolar ou certificação equivalente. No caso do Integrado, serão levadas em conta as notas obtidas do 6º até o 8º ano do Ensino Fundamental. Na modalidade Subsequente, serão avaliadas as notas do 1º e 2º anos do Ensino Médio. O objetivo é não prejudicar estudantes no último ano de seus respectivos níveis que tiveram as atividades de ensino paralisadas por conta da pandemia.

INSERÇÃO DAS NOTAS – Durante o processo de inscrição, o candidato deverá inserir a pontuação obtida nas disciplinas ou provas solicitadas e anexar os documentos comprobatórios das notas, que não poderão exceder 5 MB, em formatos PDF, JPEG, JPG, TIFF ou PNG.

Quem optar pelas notas do ENEM deverá anexar o Resultado do Enem (Boletim), de acordo com a edição escolhida. O documento precisa conter o nome completo do candidato, a edição do ENEM, número de inscrição, CPF, e a íntegra das pontuações obtidas. Só serão aceitas as notas de uma edição do Exame. O candidato deverá ainda inserir manualmente a nota obtida em cada área (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação).

Já quem escolher histórico escolar deverá anexar a cópia digital da frente e do verso do documento. É necessário que constem nome completo do candidato, carimbo e a assinatura ou certificado digital do responsável pela escola. Caso não seja possível anexar o Histórico Escolar o candidato poderá anexar declaração com as médias das disciplinas do primeiro e segundo ano, com assinatura e carimbo do responsável pela escola. Destacamos que os que optarem pelo histórico escolar deverão estar atentos às exigências do edital que estabelece regras em relação às diferenças curriculares.

RETIFICAÇÃO DE INSCRIÇÕES – Uma novidade desta seleção é o processo de retificação de inscrições, criado com objetivo de possibilitar ao candidato que teve o indeferimento da sua inscrição, em virtude de documentações ou informações divergentes, proceder com a correção de dados ou documentos anexados.

Uma lista preliminar das inscrições será divulgada no dia 26 de julho. Nessa ocasião, os candidatos terão a oportunidade de verificar sua situação específica. Os que tiverem a inscrição indeferida poderão consultar o motivo do indeferimento. No período de 27 a 28 de julho, eles terão a oportunidade de retificar dados e até anexar nova documentação. A retificação finalizada será submetida a uma nova análise, cujo resultado será disponibilizado no dia 4 de agosto, juntamente com o resultado preliminar do processo.

A divulgação da relação de aprovados está prevista para o dia 12 de agosto, após a análise de recursos interpostos ao resultado preliminar. Quem for aprovado deverá realizar matrícula a partir do dia 16 de agosto. As datas da matrícula e as do início das aulas variam de acordo com o campus escolhido e constarão no edital de matrícula.

ESCLARECIMENTO DE DÚVIDAS – Para esclarecer dúvidas, o IFPE ampliou os serviços de atendimento aos candidatos. A Comissão Central do Processo de Ingresso 2021.2 criou o canal virtual https://atendimentoingresso.ifpe.edu.br/ que ficará ativo durante todo o período do processo. Também serão realizados atendimentos presenciais em todos os campi da Instituição, em dias e horários específicos, e também por e-mail e por telefone. Os endereços eletrônicos, contatos e as informações relativas ao atendimento presencial em cada campus estão listados no edital, disponível no site cvest.ifpe.edu.br.

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
IFPE oferece 2.893 vagas em cursos técnicos e superiores

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *