Oferecimento:

Os números da mais recente pesquisa conduzida pelo instuto Ibope foram divulgados na noite desta terça-feira (11). Nada de novo em relação ao levantamento de segunda (10) apresentado pelo Datafolha: sem Lula (PT), Jair Bolsonaro (PSL) lidera isolado a corrida presidencial, enquanto, em segundo lugar, se amontoam Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT).

Acompanhe, abaixo, os dados da pesquisa Ibope :

Jair Bolsonaro (PSL): 26%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Marina Silva (Rede): 9%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Fernando Haddad (PT): 8%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 3%
Vera (PSTU): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
João Goulart Filho (PPL): %
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 19%
Não sabe/não respondeu: 7%

Os questionários da pesquisa foram realizados entre os dias 8 e 10 de setembro. Ou seja, a pesquisa mensurou o impacto do atentado à faca contra Bolsonaro, mas não auferiu as consequências da oficialização da candidatura de Haddad – e nem poderia, uma vez que o PT aguardou até o limite da data imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral para apresentar o ex-prefeito como substituto de Lula.

O instituto simulou, também, possíveis disputas de segundo turno. Caso se concretize o atual cenário, ou seja, se forem para a próxima fase Ciro e Bolsonaro, o pedetista bateria o capitão reformado do Exército por 40% a 37%.

Bolsonaro perderia também para Alckmin, mas com uma margem apertadíssima: 38% a 37%. Contra Marina, a situação é de empate: 38% para cada lado. Haddad seria derrotado, 36% a 40%.

A pesquisa quis saber, também, quem são os candidatos em quem o eleitor “não votaria em nenhuma hipótese”. Veja, abaixo, a taxa de rejeição dos candidatos:

Bolsonaro: 41%
Marina: 24%
Haddad: 23%
Alckmin: 19%
Ciro: 17%
Meirelles: 11’%
Cabo Daciolo: 11%
Eymael: 11%
Boulos: 11%
Vera: 11%
Amoêdo: 10%
Alvaro Dias: 9%
João Goulart Filho: 8%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe/não respondeu: 11%

Ibope ouviu 2002 eleitores. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, sob o registro no TSE número BR-05221/2018. O grau de confiança da pesquisa é de 95%, isto é, há 95% de chance de a pesquisa refletir a realidade.

Fonte: Último Segundo – iG 

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Ibope: Bolsonaro (26%); Ciro (11%), Marina (9%), Alckmin (9%) e Haddad (8%)

Post navigation


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *