Oferecimento:

Gestantes que não tomaram a vacina contra a covid-19 têm cinco vezes mais chances de morrer por consequências da doença, segundo dados do Observatório Obstétrico Brasileiro Covid-19 (OOBr).

O grupo de pesquisadores, vinculados ao projeto Observatório Obstétrico Brasileiro, e que reúne profissionais da USP e da UFES, analisou dados públicos sobre as internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) de gestantes e puérperas desde o início da pandemia, comparando-os com o início da vacinação para o grupo.

Considerando os casos graves, a letalidade foi de 14,6%, ante 9,3% em quem tomou ao menos uma dose. Em quem recebeu duas doses, o índice cai para 3,2% – ou seja, 5,26 vezes menor.

Outro dado preocupante é que em todo país, mais de 80% das gestantes e puérperas internadas com SRAG não foram vacinadas.

Desde o início da pandemia, 18.306 mulheres nesse grupo foram internadas no Brasil. A partir de maio, quando elas foram incluídas na vacinação, o número de internadas foi de 3.972.

Segundo os pesquisadores, a baixa adesão à vacinação se deve a influência de notícias faltas sobre malefícios do imunizante. Os especialistas, alertam, no entanto, que toda mulher grávida, em qualquer período gestacional, pode se vacinar.

Via IG

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Grávidas: Não vacinadas têm cinco vezes mais chances de morrer de covid

Post navigation


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *