Oferecimento:

Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, tem 90 leitos distribuídos nos hospitais das redes pública e particular para tratar pacientes contaminados pelo novo coronavírus. Desde novembro a taxa de ocupação vem crescendo, de acordo com a diretoria médica do Hospital Regional Dom Moura. A unidade é quem controla os leitos no município.

No total, são 24 vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 66 de enfermaria em seis unidades de saúde. Destas, 70% estão ocupadas. Mesmo diante deste cenário, há pessoas que ignoram os cuidados no combate à Covid-19.

A enfermeira Evelliny Metódio trabalha diretamente com homens e mulheres que testaram positivo para a Covid-19. É uma luta que, desde março, ela e outros profissionais de saúde tentam entender o comportamento da doença para vencê-la por meios de tratamentos ainda desconhecidos.

“[O último plantão] foi angustiante, porque a gente passou a viver uma realidade que já tínhamos vivido, uma superlotação no setor que eu trabalho. Tivemos um plantão um pouco exaustivo, fora da realidades que estávamos vivendo há alguns meses”, disse a enfermeira.

Sobre o descumprimento das regras de distanciamento social e do uso da máscara, Evelliny disse que “a sensação é de estar enxugando o gelo”. “Quanto mais a gente educa, orienta, mais as pessoas banalizam”, pontuou.

Sebastiana Pimentel morreu vítima da Covid-19 aos 80 anos. A aposentada testou positivo para a doença no dia 16 de novembro. Ela foi internada em um hospital particular de Garanhuns, ficou 20 dias na UTI e morreu devido às complicações.

“A pessoa quando falece de Covid, a gente não tem o direito de velar. É sair da funerária e chegar no cemitério para enterrar. Isso dói bastante. É o que mais dói na família da gente”, destacou a neta de Sebastiana, a universitária Valquíria Pimentel.

 

Fonte: G1 Caruaru

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
GARANHUNS TEM 70% DOS LEITOS DE UTI E ENFERMARIA EXCLUSIVOS PARA COVID-19 OCUPADOS

Post navigation


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *