Pular para a barra de ferramentas

Oferecimento:

O 1º Concurso Nacional de Poesia do Instituto Brasileiro de Excelência no Esporte & Cultura (IBEEC) premiou o pernambucano Eduardo Bezerra, natural do município de Garanhuns, no Agreste do Estado. O estudante, de 11 anos, participou da categoria sub 11. A ação buscou incentivar o hábito de leitura, escrita e o envolvimento da família nas atividades do projeto.

A primeira edição do evento, que foi ao encontro da pandemia provocada pelo novo coronavírus, trouxe como tema Qual a lição que a quarentena está me ensinando?. Na ocasião, o jovem ficou com 1.052 curtidas no Instagram e 239 no Facebook, totalizando 1.291.

“Fiquei muito feliz pelo reconhecimento e pela vitória nesse concurso. Agradeço a todos, meus pais, familiares e amigos, os professores Everton e Natan, e também àqueles que fazem com que tenhamos esse projeto aqui em Garanhuns, que é muito importante para todos nós”, disse Eduardo.

A segunda e terceira colocações foram preenchidas, respectivamente, pelas estudantes Maria Clara, de Jeceaba, em Minas Gerais, e Izabelle Crepalde, de São Brás do Suaçuí, no mesmo estado.

Patrocinado pela Ferreira Costa, o projeto é vinculado à lei federal de incentivo ao esporte.

Sobre o 1º IBEEC

O concurso contou com a participação de seis cidades. Na fase regional, 172 poesias inscritas foram divididas nas categorias sub 11 e sub 15. Através de uma votação interna, a comissão definiu os três primeiros colocados de cada núcleo.

Em seguida, foi realizada a final e o primeiro lugar de cada categoria. Na final, o grande vencedor deveria ter mais curtidas somadas nos vídeos postados nos canais oficiais do IBEEC.

Fonte: Mais Agreste, com IBEEC

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Estudante de Garanhuns vence concurso nacional de poesia com texto sobre a quarentena

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *