Oferecimento:

Há 17 anos reunindo os mais talentosos dançarinos de breaking do planeta, o Red Bull BC One E-Battle chega às fases qualificatórias e anuncia a classificação de um brasileiro: o cearense Mateus Melo, também conhecido como Bart. De modo especial, o B-Boy representará o Brasil nas quartas de final das batalhas virtuais da principal competição de breaking internacional, em busca de uma vaga visando ao título mundial, que será disputado em novembro, na Polônia.

O dançarino é um dos grandes destaques na cena do breaking internacional e um dos fortes candidatos brasileiros a disputar uma vaga em Paris, com a entrada da modalidade nos Jogos. Entre mais de 700 participantes de 95 países, Bart impressionou o júri, composto por grandes nomes internacionais da cena, como o B-Boy holandês Menno, a B-Girl francesa Sarah Bee, e o B-Boy polandês Kleju, sendo o único brasileiro escolhido para avançar na disputa. Além de já ter conquistado o título nacional na edição do Red Bull BC One de 2018 e disputado o título mundial em 2019 (em formato físico), Bart foi três vezes campeão cearense de breaking.

“Nas edições anteriores do Red Bull BC One que participei, era possível sentir a energia do público, aquela emoção do presencial. Mas agora é uma nova etapa, não só para nós, como para toda a humanidade. E eu estou ansioso para ver como vou me sair nas batalhas virtuais. Tenho trabalhado muito para isso, e espero que eu possa fazer uma ótima performance”, conta o B-Boy.

Os primeiros duelos 1×1 do Red Bull BC One E-Battle já estão definidos e serão realizados em formato inteiramente online, ou seja, os 16 dançarinos classificados de cada categoria (masculina e feminina) devem enviar novos vídeos, que serão avaliados pelos jurados. Nesta etapa da competição, o brasileiro Bart enfrenta o dançarino russo Milky Rock: quem ganhar, avança à decisão para batalhar durante uma live global, que transmitirá as disputas das semis e da grande final.

Harrien (L) of Taiwan, Jilou (LC) of Germany competes against Sarah Bee (CR) of France and Pac Pac (R) of France during the Bonnie & Clyde Breaking Battle – 2 vs 2 at the Red Bull BC One Camp, ahead of the World Final at Famous Studios in Mumbai, India on November 9, 2019 // Ali Bharmal / Red Bull Content Pool // SI201911100411 // Usage for editorial use only //
City Tournament during the Red Bull Bc One Camp France at the H7 in Lyon, France on May 28th 2021 // Little Shao/Red Bull Content Pool // SI202105290042 // Usage for editorial use only //

Conheça o Red Bull BC One
O torneio, que ocorre desde 2004 e inovou ao se tornar a primeira competição de breaking 1×1 do mundo, conecta anualmente milhares de dançarinos em batalhas regionais e, com as batalhas online, visa expandir a possibilidade de participação aos países que não possuem qualificatórias. Somente no último ano, mais de 100 nações foram representadas por meio do Red Bull BC One E-Battle.

Seletivas físicas também acontecerão ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Entre os brasileiros que marcaram o evento, vale lembrar de Neguin e sua vitória mundial em Tóquio, em 2010, e de grandes nomes da cena que conquistaram o título nacional em outros anos e vem sendo destaque, como Bart, vencedor em 2018, Itsa, campeã de 2019 e Till, que também conquistou o primeiro lugar do pódio em 2019. Em 2020, a B-Girl Nathana chegou à semifinal da E-Battle.

Fique de olho nas datas!
08/06: Anúncio dos 16 B-Boys e B-Girls (8 de cada categoria)
26/06: Live – Top 8 B-Boys e B-Girls, Semifinal e Final
Ano todo: Seletivas físicas em diversos países
Novembro: Final mundial

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
De olho em 2024, nordestino se classifica para as batalhas virtuais da principal competição de breaking do mundo

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *