Pular para a barra de ferramentas

Oferecimento:

O brasileiro Arthur Medici, de 26 anos, morreu depois de ser atacado por um tubarão na baía de Cape Cod, no parque nacional Newcomb Hollow Beaching, em Massachusetts, Estados Unidos (EUA).

A praia onde estava Medici foi interditada e proibida a banhistas. O ataque é investigado pela polícia local. A informação foi veiculada pela imprensa norte-americana e confirma que o acidente ocorreu no sábado (15).

Medici, que era de Vila Velha, no Espírito Santo, morava nos Estados Unidos e trabalhava no restaurante The Capital Grille, conforme informava no seu perfil na rede social. No Facebook, vários parentes e amigos lamentam a morte do jovem.

No perfil do brasileiro está escrito “em memória”.

Autoridades locais relataram um crescente número de tubarões perto de praias deste destino turístico, que fica a 150 quilômetros a sudeste de Boston. Em agosto, outro banhista sofreu um ataque parecido, mas conseguiu escapar após bater no animal.

“É um fato trágico. As focas cada vez mais se aproximam da praia, e isso quer dizer que os tubarões também, por serem seus predadores. É aí que humanos também acabam atacados”, disse o biólogo Greg Skomal, pesquisador especialista em tubarões, ao jornal Boston Herald.

O último ataque mortal de um tubarão do qual se tem registro em Massachusetts data de 1936.

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Brasileiro morre ao ser atacado por tubarão nos Estados Unidos

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *