Oferecimento:

Nesta quinta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou sobre o depoimento do gerente-geral da Pfizer para a América, Carlos Murillo , à CPI da Covid em suas redes sociais. Na publicação, Bolsonaro também parabenizou a Anvisa e o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Durante a sessão, Murillo disse que o Brasil “foi um dos primeiros países do mundo a ter o registro permanente” da vacina da Pfizer, em 22 de fevereiro de 2021. “Não tivemos dificuldades no processo com a Anvisa”, afirmou.

“Parabéns, Anvisa e Min Eduardo Pazuello”, escreveu  Bolsonaro em seu perfil do Twitter, publicando um trecho da fala do representante da farmacêutica.

Pfizer

Embora a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tenha concedido o registro no mês de fevereiro, o país ainda não havia fechado o contrato com a Pfizer, e o governo Bolsonaro questionava algumas das condições impostas pela farmacêutica para a venda dos imunizantes contra a Covid-19 .

Além disso, Murillo também disse que o Brasil ignorou três ofertas da Pfizer feitas em agosto de 2020 , com a previsão de 1,5 milhão de doses para o ano passado.

Via IG

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
Bolsonaro diz que gerente da Pfizer coloca “ponto final na CPI do Renan”

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *