Oferecimento:

A pandemia do novo coronavírus trouxe para a vida das pessoas o chamado ‘novo normal’ e com essa nova realidade, mudanças foram necessárias no dia a dia das pessoas.

O aumento de ansiedade, consumo de álcool e cigarro, além do sedentarismo tornou-se presente na rotina de muitos brasileiros durante a pandemia, devido a situação de distanciamento social, a qual foi imposta à população como medida de controle e prevenção da covid-19.

A prática de atividade física sofreu um grande impacto diante da pandemia, parques e locais ao ar livre com acesso bloqueados, academias e piscinas fechadas, pessoas com medo e receio de se contaminar.

Estudos apontam que o sedentarismo “imposto” pela pandemia caminha para um futuro surto de obesidade, além de problemas vasculares e articulares devido ao tempo sentado em frente a computadores, destinado ao home office, e atividades de lazer como assistir filmes e séries em demasia.

Colorful cartoon set with kids cleaning rooms and helping their mums isolated on white background vector illustration

Especialistas temem uma queda brusca nos níveis de condicionamento físico devido as medidas de isolamento que levaram muitas pessoas ao aumento de peso, indícios apontam que a redução da atividade física possa ser seguida por um aumento nas doenças crônicas associadas à falta de exercícios físicos, como obesidade e problemas cardíacos. Fatores esses que se encontram no quadro de comorbidades para o agravamento dos sintomas e consequências da covid-19.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), preocupada com o sedentarismo criou a campanha #HealthyAthome (#SaudávelEmcasa) levando informações importantes sobre os exercícios simples que podem ser realizados em casa.

Romper a barreira do medo e retomar a prática de atividades físicas com todos os protocolos de cuidados, é necessário! A população precisa cuidar da saúde, prevenir o sedentarismo e consequentemente combater outras doenças relacionadas a obesidade e a falta de exercícios.

Autora: Thaisa Rodbard Mileo é professora da área de Linguagem Cultural e Corporal, nos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física do Centro Universitário Internacional Uninter.

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
A pandemia e os impactos na rotina

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *