Oferecimento:

Quantas vezes tivemos problemas em decifrar nossa própria personalidade? o ser humano é tão complexo, que quanto mais vive, mais descobre por diversas vezes, algo novo sobre si.

Quantas vezes ouvimos alguém dizer: “Eu sei o que deveria fazer, mas eu tomo determinadas atitudes e não sei o por quê…”

Você sabia que isso está ligado diretamente a seu perfil de comportamento? Não é que você exclusivamente haja daquela maneira, mas pessoas com o seu perfil, tendem a agir da mesma forma.
Não existe perfil imperfeito , não existe um melhor que o outro, existe o que cada qual precisa ter para desempenhar seus papéis, mas para isso, você precisa estar ciente de seus potenciais, de suas fraquezas, seus medos e suas próprias motivações! Sim, não sabemos tudo sobre nós mesmos, somos uma eterna descoberta, mas é possível se auto decifrar e ter mais assertividade e consciência nas próprias ações.

Em 1928, o advogado e  e Doutor em Psicologia de Harvard, William Moulton Marston desenvolveu e compilou informações de todos esses grandes estudiosos do comportamento humano, ele criou  a base para a teoria conhecida e apreciada em todo o planeta intitulada como DISC; Apresentando uma visão abrangente da maneira como as pessoas pensam, agem e interagem. Segundo ele, todos nós apresentamos traços e padrões de comportamento que se relacionam com quatro estilos básicos de perfil que, por sua vez, explicam a origem do acrônimo DISC: Dominance (Dominância); Influence (Influência); Steadiness (Estabilidade) e C onscientious (Conformidade). Para ele o comportamento é definido como sendo o somatório dos diversos estilos de respostas de uma pessoa aos mais variados estímulos, todos nós temos em intensidades diferentes a presença destes 04 fatores em nossa personalidade.

Além desses estímulos, podemos concluir informações de autoconhecimento entendendo a origem de nossas emoções e decifrando nossos valores fundamentais.

Vivemos em um mundo cheio de pressão, crenças limitantes, nos enchemos de cobranças e o mais preocupante é que algumas pessoas estão se conformando com a vida que levam, paralisados pela mídia impulsionadora  da vida atraente e perfeita, tentando separar aqueles que podem e aqueles que apenas devem sonhar.. a partir do momento que você tem consciência de quem você realmente é e conhece todos os seus potenciais, você solta as amarras e deixa de ser refém de estar a mercê daquilo que “aparece” e passa a ser criador da sua própria realidade.

Quer descobrir um pouco mais do seu perfil comportamental? Clique aqui e faça uma degustação:

https://cisassessment.com.br/degustacao/tassyanavasconcelos

Tassyana Vasconcelos  – Analista Comportamental

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
A chave para se comunicar com o outro está em não tentar mudá-lo, mas mudar a si mesmo

Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas